Jp - Tema: Descatralização da vida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jp - Tema: Descatralização da vida

Mensagem  Leizt em Seg Jun 29, 2009 4:42 pm

Oiê! o/
Os estudos estão complicados e a vontade de férias é maior do que nunca! lol
Neste contexto eu entrego mais uma redação para receber brasa!
Essa coisa do Daniel comprar um 360 está acabando com a minha concentração.... Acho que eu to bem mais ancioso do que ele ^^'.
Anyway, se não fosse assim não seria o João.
Segue redação sobre este tema fdp da FUVEST 2005.
Não precisa se apressar em corrigir, gogo estudos o/

Ficha da redação:
* Tema: Descatralização da vida (FUVEST 2005)
* 60 minutos para fazer o projeto e rascunho.
* 30 linhas no caderno
* Nota própria: 1.5/10



===================================================================================

Igualdade, liberdade e fraternidade resultam em felicidade?

Desde muito novos ouvimos a expressão: "país livre". Seja para adjetivar o nosso país ou qualquer outro com uma conduta considerada moderna. Nascidos no ocidente após a revolução francesa, em geral, temos apenas ideias esfumaçadas de conceitos como escravismo e servidão. Em um país livre, as pessoas gozam de liberdade para a maioria de suas ações, mas quanto que este pensamento está associado ao bem estar e a felicidade?
Muitas nações já conheceram regimes opressores. Em especial no oriente, muitos ainda vivem desta forma, seja por razões politicas ou religiosas. O interessante é que se analizarmos as pessoas destes países não infectados pelo ideário ocidental de liberdade, elas são positivamente felizes. No exemplo do casamento arranjado pelos pais, os noivos constituem, na maioria vantajosa das vezes, grandes e bem estruturadas famílias. E no exemplo da China, acusada de não garantir os direitos humanos, a população apóia este sistema e responde com sorriso e patriotismo perguntas sobre o tema.
Já nos países livres e principalmente onde as condições sociais são melhores, constatamos inúmeros casos de doenças psicológicas e suícidios. Estes casos vêm crescendo tanto, a ponto de já se comentar sobre um "mal do século". Talvez pelo excesso da dita liberdade, as pessoas não tem mais objetivos e perdem inclusive a vontade de viver. A este sentimento foi dado o nome de niilismo, muito presente em movimentos de jovens e suícidios.
Com o excesso da verdadeira liberdade é bem capaz de instaurar-se uma espécie de caos. Por isso as cidades dão a sensação de tanta onipotência e poder de escolha. Nós precisamos somente da sensação de serlivre. Estar livre de fato, implicaria em desordem. Até mesmo em seu âmbito artístico o homem não é liberto, estando sempre neste muro invisível necessário para sua sobrevivência e pseudo-satisfação.
Tirar as amarras e as catracas que prendem o homem seria algo muito próximo de declarar sua extinção. Os filósofos que assim fizeram acabaram-se loucos ou muito doentes. Todos temos de estar presos, de estar catralizados e nenhuma de nossas expressões é totalmente livre. Inclusive aquelas que dissertam sobre essas ideias.

===================================================================================

Ai OMG!
Lendo essa redação enquanto eu postava, deu pra perceber que eu deveria estar alcoolizado quando a escrevi =D
Ai que horrível!
Pelo jeito 2010 é cursinho de novo \o/
Anyway, a única coisa que eu gostei foi da ultima frase. Achei emblemática.
Acho que você deve ter ficado meio com raiva da redação. Você com certeza já chegou bem além disso, e eu nem sei se com esse texto deu pra dar a ideia que eu queria, e pior!, eu nem sei se era essa a ideia da coletânea.
Bom, espero que você se divirta com o texto, nem que seja para constatar a sua inescondível superioridade ^^

Crying or Very sad João Paulo Sad


avatar
Leizt
Admin

Mensagens : 30
Data de inscrição : 12/05/2009
Idade : 27
Localização : Araraquara

Ver perfil do usuário http://redacoes.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum